CFL @ 01:06

Seg, 08/09/08

Um ano depois sou outra pessoa. Já não sou aquela miúda recém-licenciada e com medo do primeiro dia de trabalho, já não sou aquela namorada que via aproximar-se a passos largos o final de tudo e estava presa à força do hábito. Já não sou a miúda que teve de comprar fatos para o trabalho e que foi descobrindo, devagar, os diferentes caminhos para chegar ao Conselho Distrital.

Mas ainda sou a miúda que encontrou uma nova vida, que descobriu novos caminhos e que desenhou um trajecto até eles. No último ano fiz um ou outro disparate, fui promovida ao nível IV nas aulas de dança, senti um ou outro calafrio por quem não devia. Tomei uma decisão há muito adiada e não olhei mais para trás. Conheci tanta e tanta gente nova. E conheci-os na altura certa. Na última metade do último ano só tive um objectivo: ser feliz.

E se há dias mais cinzentos, em que o Sol não parece brilhar, há noites em que a Lua sobe ao céu só para iluminar este caminho.

O último ano foi um ano de descoberta. Um ano em que pude ter tudo e não querer nada. Foi o ano em que me descobri a mim. Foi o ano em que me comecei a descobrir a mim. Um ano depois sou outra pessoa... e sou muito mais feliz assim, mesmo nos momentos de aperto no coração, mesmo quando não há água das pedras para ajudar. O que começou neste ano não vai nunca mais acabar porque me encontrei a mim, porque me devolvi a mim mesma.

 

E para ti amiga, que estás quase neste "ano depois"... aqui está a Lisboa/* 2008/2009, já ali atrás de nós. Uma Lisboa que tem tudo o que teve este ano mas que guarda em si muito mais. Esta Lisboa/* que também tem um castelo, esta Lisboa que tem tanta magia para mostrar. E na hora certa, no bater das doze badaladas, toda esta magia vai acontecer. É só olhares para esta Lisboa/* atrás de nós e sentires tudo o que ela tem guardado para nos oferecer.

 

So che si realizzerà!

 

Não tivesse sido este quadro pintado por alguém...

 



Zeta @ 02:57

Qua, 17/09/08

 

Um ano depois és mais bonita amiga, uma ano depois brilhas mais, um ano depois a vida abre-se para ti como nunca... Agarra essa vida e não a largues nunca mais amiga!!!

Graças a ti minha amiga esta Lisboa/* 2008/2009 abriu-se também para mim da melhor maneira possível, com todas as pessoas que mais amo a meu lado, ali mesmo, à distancia de um olhar, de um toque... Jamais vou esquecer isso! No bater das doze badaladas o castelo mostrou-se a mim e a Lisboa/* brilhou só para mim e toda a magia aconteceu... Obrigada amiga!

Saiba que a AMO (esta é uma dúvida que se me toma: pq e que as pessoas não podem dizer que amam os amigos?!)!

SO CHE SI REALIZZERÁ

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
19
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30


Portugueses aqui
online
Portugueses desde 28Set2008
free hit counter
hit counter
Arquivo de Ideias
Procurar ideias
 
Portugueses que me recomendam
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
blogs SAPO