CFL @ 00:03

Qui, 04/12/08

Por tudo o que ainda não te pude dizer, por tudo o que disse a mais. Pelos passeios na praia naquelas manhãs de sábado em que me levavas às cavalitas e me contavas histórias de Portugal, cheias de reis, rainhas e castelos. Pelas desilusões que me deste, pela desilusão que te causei. Pelas vezes em que me fizeste sentir orgulhosa por te ter e pelas vezes em que quis que não existisses. Por aquele bocadinho da minha infância em que foste o meu herói. Por esse bocadinho de personalidade que tu me deste. Por tudo de bom que partilhámos, por tudo o que nos afastou. Pela possibilidade que ainda posso ter de fazer tudo isto valer a pena... um pouco mais. Pai... por ti, por mim, por nós os dois... vou ser capaz de te dizer e mostrar que te amo.

 



Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26

28
29
31


Portugueses aqui
online
Portugueses desde 28Set2008
free hit counter
hit counter
Arquivo de Ideias
Procurar ideias
 
Portugueses que me recomendam
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
blogs SAPO