CFL @ 23:38

Seg, 17/11/08

 

Watching every motion in my foolish lover's game

On this endless ocean finally lovers know no shame

Turning and returning to some secret place inside

Watching in slow motion as you turn around and say

 

Take my breath away

Take my breath away

 

Watching I keep waiting still anticipating love

Never hesitating to become the fated ones

Turning and returning to some secret place to hide

Watching in slow motion as you turn to me and say

 

Take my breath away

 

Through the hourglass I saw you, in time you slipped away

When the mirror crashed I called you, and turned to hear you say

If only for today I am unafraid

 

Take my breath away

Take my breath away

 

Watching every motion in this foolish lover's game

Haunted by the notion somewhere there's a love in flames

Turning and returning to some secret place inside

Watching in slow motion as you turn to me and say

 

Take my breath away

My love, take my breath away

 


música: Berlin - Take my breath away


CFL @ 23:55

Qua, 15/10/08

Hoje, há seis anos atrás, começava o meu curso e uma nova etapa. Hoje, mais de um ano depois de o ter acabado, fiz algo que não fazia há mais de seis anos. Arrisquei. E quando a adrenalina passa, quero mais... um pouco mais... muito mais... de ti.

 

A realidade não usa gravata.

 

E fica tão bem assim.

 




CFL @ 00:30

Sex, 03/10/08

Basta-me apenas um olhar sem que mais ninguém o veja. Basta-me apenas um simples toque leve, que de tão leve quase não se sente mas que me toca mais fundo do que alguma vez poderia imaginar. Apenas aquela troca de olhares que mais ninguém notou, apenas os meus olhos à procura dos teus e a encontrá-los. E então é apenas um Mundo sem mais nada, sem mais ninguém... por enquanto, bastas-me assim apenas e nada mais.

 

E quando a vontade de arriscar é mais forte do que o que me basta, já não me basta apenas ver o teu olhar... mas nesta altura basta-me apenas a tua simples resposta e puxar um pouco até me pores um travão. Mas mesmo quando chega a altura de travar, os teus olhos a encontrar os meus fazem-me continuar...

 




CFL @ 01:24

Sex, 26/09/08

Há qualquer coisa - Xutos & Pontapés

 

Há qualquer coisa que se esconde em ti

Que me seduz e dá cabo de mim

Eu não sei, nunca sei bem o que é

(Tu sabes sim, mas não queres ver)

És como a praia, mudas com a maré

(Não importa se a queres ter)

 

Mas se tu vais e vens

Como as ondas do mar

Não sei com que posso contar

 

Se um dia há sol no outro há-de chover?

Se te encontrar é para te perder?

Eu não sei, nunca sei como será

(Tu sabes sim, mas não queres ver)

És como o tempo, logo se verá

(Não importa se a queres ter)

 

Mas se tu vais e vens

Como as ondas do mar

Não sei com que posso contar

Vai e vem, traz o que tens de melhor

Vai e vem, dá-me esse estranho amor...

 

 




CFL @ 11:09

Qui, 18/09/08

 

 

Tenho tanto para te dizer. Mas não posso. Por isso, em vez de palavras, apenas uma imagem... pois foi exactamente aqui, nesta fracção de segundo, que te vi pela primeira vez.

Foi exactamente aqui, neste momento, que te descobri.

 

O que vem a seguir? Não me importa. Encontrei-te... e neste momento basta-me. Podia ficar aqui neste lugar para sempre. Só porque, de repente, nesta fracção de segundo, entraste no meu pensamento. Tomaste conta dele e não saíste mais. E agora podia ficar aqui a ver-te pela primeira vez, a descobrir-te para sempre. Sem palavras.

 




CFL @ 09:50

Ter, 16/09/08

 

 

I never really knew that you could dance like this..
She make a man wanna speak spanish..
Como se llama? (si)Bonita.(si) Mi casa, su casa.

When you move you got me hypnotized, especially when I look into his eyes.
Hey papi(si) I wanna see you do the dance to the Conga.

Hey girl I can see your body moving (and it's driving me crazy),
And I didn't have the slightest idea (until i saw you dancing).
And when you walk up on the dance floor nobody cannot ignore the way you move body, girl.
And everythings so unexpected the way you already left it, so you can keep on shaking it.

Baila la calle de noche, baila la calle de dia.
Baila la calle de noche, baila la calle de dia.

I never really knew that you could dance like this..
She make a man wanna speak spanish..
Como se llama?(si) Bonita.(si) Mi casa, su casa.

When you move you got me hypnotized, especially when I look into his eyes.
Hey papi(si) I wanna see you do the dance to the Conga.

Hey boy now that i see all your rhythm,
I’m in a state of shock now, the way
I can see you body moving and
I don't want you to stop now.
I like the way you approach me so sexually, you found me in the base boy.
I can't ignore the way you dancing, you got me in a trance and....
I can't explain it.........

Baila la calle de noche, baila la calle de dia.
Baila la calle de noche, baila la calle de dia.

I never really knew that you could dance like this..
She make a man wanna speak spanish..(spanish)
Como se llama? (Si)Bonita.(Si) Mi casa, su casa. (yeah)

When you move you got me hypnotized, especially when I look into his eyes.
Hey papi(si) I wanna see you do the dance to the Conga.

Senorita, fill the Conga, let me see you move like you come from Havana.

Oh...I didn't know you did it like that..
Hey a papi don't you stop it, wanna see you move your body.
Oh...I didn't know you did it like that..

Baila la calle de noche, baila la calle de dia.
Baila la calle de noche, baila la calle de dia.

I never really knew that you could dance like this..
She make a man wanna speak spanish..
Como se llama?(si) Bonita.(si) Mi casa, su casa.

When you move you got me hypnotized, especially when I look into his eyes.
Hey papi(si) I wanna see you do the dance to the Conga.

Baila la calle de noche, baila la calle de dia.
Baila la calle de noche, baila la calle de dia.
Baila la calle de noche, baila la calle de dia.
(Baila conmigo)
Baila la calle de noche, baila la calle de dia.
(Baila conmigo)

I never really knew that you could dance like this..
(Baila conmigo)
She make a man wanna speak spanish..
(Baila conmigo)
Como se llama?(Si) Bonita. (Si)Mi casa, su casa.

When you move you got me hypnotized, especially when I look into his eyes.
Hey papi (si) I wanna see you do the dance to the Conga.

I never really knew that you could dance like this..
She make a man wanna speak spanish..
Como se llama?(si) Bonita.(si) Mi casa, su casa.

When you move you got me hypnotized, especially when I look into his eyes.
Hey papi I wanna see you do the dance to the Conga.

Oh...Oh.....Oh....Oh.....Oh.....
 




CFL @ 01:06

Seg, 08/09/08

Um ano depois sou outra pessoa. Já não sou aquela miúda recém-licenciada e com medo do primeiro dia de trabalho, já não sou aquela namorada que via aproximar-se a passos largos o final de tudo e estava presa à força do hábito. Já não sou a miúda que teve de comprar fatos para o trabalho e que foi descobrindo, devagar, os diferentes caminhos para chegar ao Conselho Distrital.

Mas ainda sou a miúda que encontrou uma nova vida, que descobriu novos caminhos e que desenhou um trajecto até eles. No último ano fiz um ou outro disparate, fui promovida ao nível IV nas aulas de dança, senti um ou outro calafrio por quem não devia. Tomei uma decisão há muito adiada e não olhei mais para trás. Conheci tanta e tanta gente nova. E conheci-os na altura certa. Na última metade do último ano só tive um objectivo: ser feliz.

E se há dias mais cinzentos, em que o Sol não parece brilhar, há noites em que a Lua sobe ao céu só para iluminar este caminho.

O último ano foi um ano de descoberta. Um ano em que pude ter tudo e não querer nada. Foi o ano em que me descobri a mim. Foi o ano em que me comecei a descobrir a mim. Um ano depois sou outra pessoa... e sou muito mais feliz assim, mesmo nos momentos de aperto no coração, mesmo quando não há água das pedras para ajudar. O que começou neste ano não vai nunca mais acabar porque me encontrei a mim, porque me devolvi a mim mesma.

 

E para ti amiga, que estás quase neste "ano depois"... aqui está a Lisboa/* 2008/2009, já ali atrás de nós. Uma Lisboa que tem tudo o que teve este ano mas que guarda em si muito mais. Esta Lisboa/* que também tem um castelo, esta Lisboa que tem tanta magia para mostrar. E na hora certa, no bater das doze badaladas, toda esta magia vai acontecer. É só olhares para esta Lisboa/* atrás de nós e sentires tudo o que ela tem guardado para nos oferecer.

 

So che si realizzerà!

 

Não tivesse sido este quadro pintado por alguém...

 




CFL @ 10:02

Seg, 18/08/08

 

Acordo às 8:00h, enganada pela funcionária da Ensitel que me acertou o relógio do telemóvel novo com uma hora de avanço e o stress de chegar atrasada, de que já tinha saudades, deu lugar a mais uns minutos de ronha... Afinal de contas, cheguei a casa às 2:00h da manhã! É o primeiro "regresso ao trabalho" e o primeiro regresso ao trabalho é bem mais difícil que o primeiro dia de trabalho, há já um ano atrás. Hoje não sei o que vestir, nenhuma camisa me agrada. Troco de roupa três vezes e não acerto com o penteado. Acabo por desistir de toda a roupa que já tinha arranjada e vou engomar outras calças e outra camisa. Ao fim de tantos dias não sei como recuperar a minha apresentação profissional e só me apetece vestir a roupa que está amarrotada na mala de viagem. Tudo isto me parece tão distante mas tudo isto me é tão familiar. É tudo tão diferente e tão deliciosamente igual.

 

E que saudades que eu já tinha do meu carro! Dos sons da manhã. E como se o próprio Universo me quisesse ajudar, hoje está um lindo dia de Setembro. Está tudo tão deliciosamente diferente e é tudo tão igual! O Allgarve 2008 deu lugar à Lisboa 2008/2009 e algo me diz que esta Lisboa tem muitas surpresas para mostrar. Pois está tudo tão deliciosamente diferente e igual.

 



Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


Portugueses aqui
online
Portugueses desde 28Set2008
free hit counter
hit counter
Arquivo de Ideias
Procurar ideias
 
Portugueses que me recomendam
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
blogs SAPO