CFL @ 18:34

Qua, 16/07/08

Hoje gostava de tornar o teu dia um pouco melhor. Hoje gostava de poder chorar contigo o fim da nossa história. Hoje gostava de poder esquecer por instantes quem fomos, quem somos e quem nunca mais voltaremos a ser.

Mas não posso.

Não posso ser egoísta e dar-te tão pouco se me dizes que queres mais.

E mais, não te posso dar.

Não posso olhar para trás só porque fazes anos.

Não posso olhar para trás só porque hoje me falta qualquer coisa.

Parabéns, J.!

Saberei sempre que hoje é o teu dia.

Mas já não posso fazer parte dele.




CFL @ 23:29

Dom, 15/06/08

Não me peças o que não te posso dar. Estás num momento que já passou. Mesmo que o meu momento de agora fosse apenas uma ilusão, já não temos espaço para nós dois. Por isso, não me peças o que já não te posso dar... principalmente hoje. Deixámos de ser o que começámos neste dia há muito tempo atrás. E eu também tenho direito ao meu momento, só meu. A uma outra vida, a perseguir sonhos de outros tempos. A sentir o que apagaste em mim durante demasiado tempo. E tu... não tens direito a pedir-me para voltar atrás. Não, sem antes viver o que agora tenho para viver.

 

Não me peças para apagar tudo o que tenho agora e tudo o que me espera no caminho. Não me peças para apagar o meu futuro e não me peças para esquecer o passado. Estamos separados pelo teu passado e pelo meu futuro.

 

Não penses nos seis anos que hoje aconteciam.

 

Este já não é o nosso momento.

 




CFL @ 11:08

Qui, 05/06/08

I'm holding on your rope,
Got me ten feet off the ground
I'm hearin what you say but I just can't make a sound
You tell me that you need me
Then you go and cut me down, but wait
You tell me that you're sorry
Didn't think I'd turn around, and say...

It's too late to apologize, it's too late
I said it's too late to apologize, it's too late

I'd take another chance, take a fall
Take a shot for you
And I need you like a heart needs a beat
But it's nothin new - yeah yeah
I loved you with a fire red-
Now it's turning blue, and you say...
"Sorry" like the angel heaven let me think was you
But I'm afraid...

It's too late to apologize, it's too late
I said it's too late to apologize, it's too late

It's too late to apologize, it's too late
I said it's too late to apologize, it's too late
It's too late to apologize, yeah
I said it's too late to apologize, yeah-
I'm holdin on your rope, got me ten feet off the ground...
 

(Apologize - Timbaland)

 




CFL @ 01:12

Qua, 04/06/08

Adesso no, non voglio più difendermi
Supererò dentro di me gli ostacoli
I miei momenti più difficili
Per te

There is no reason, there is no rhythm
It's crystal clear
I hear your voice
And all the darkness disappears
Everytime I look into your eyes
You make me love you
Questo inverno finirà
And I do truly love you
Fuori e dentro me
How you make me love you
Con le sue difficoltà
And I do truly love you

I belong to you, you belong to me
Forever

Want you
Baby I want you
And I thought that you should know
That I believe
And you're the wind that's underneath my wings
I belong to you, you belong to me

Ho camminato su pensieri ripidi
You're my fantasy
Per solitudini e deserti aridi
You're my gentle breeze
Al ritmo della tua passione ora io vivrò
And I'll never let you go
L'amore attraverserò
You're the piece that makes me whole
Le onde dei suoi attimi
I can feel you in my soul
Profondi come oceani

Vincerò per te le parole che io sento
Quanto bruciano dentro le parole che non ho più detto, sai...

Oh..
Want you
Baby I want you
And I thought that you should know
That I believe

Lampi nel silenzio siamo noi yeah
I belong to you, you belong to me

You're the wind that's underneath my wings
I belong to you, you belong to me
Yeah hey yeah he

Adesso io ti sento
I will belong forever to you

 

(I Belong to You, Anastacia / Eros Ramazotti)

 




CFL @ 03:54

Dom, 24/02/08

No pasa nada. Não se preocupem. Só um café com uma amiga de há muito e com quem há muito não conversava assim. E de tanto que mudou na nossa vida nos últimos meses. E do bem que nos faz mudar. E no fim, cheguei a casa com esta música nos ouvidos. Só agora me lembrei dela e por isso só agora aqui fica. Mas é perfeita. Não preciso dizer mais.

 

Adelaide Ferreira - Papel Principal

 

A noite acabou

O jogo acabou

Para mim aqui

Quando acordar

Já te esqueci

O filme acabou

O drama acabou

Acabou-se a dor

Tu sempre foste um mau actor

 

Fizeste de herói no papel principal

Mas representaste e mentiste tão mal

E quem perdeu foste tu, só tu e nunca eu

Afinal hoje o papel principal é meu e só meu!

 




CFL @ 01:11

Sab, 02/02/08

Por completo.

 

Não vou pintar de novo as paredes do meu quarto, nem vou mudar o corte de cabelo. Rasguei as fotos que tinha, agora vou só ali queimar a última. Estás fora da minha vida para sempre. Não há nada mais directo do que isto. Se eu não acreditasse que nada na vida é um erro, diria que foste o maior erro de todos. E eu merecia mais, muito mais que um erro. Dei-te demasiado e não recebi assim tanto em troca. Em cinco anos nunca ouvi um "amo-te" por isso eu é que sou parva em esconder de mim mesma o que sempre soube.

 

Não vou pintar de novo as paredes do meu quarto, nem vou mudar o corte de cabelo porque estas palavras foram a última coisa que fiz por ti.

 

 


música: Vanessa da Mata / Ben Harper - Boa Sorte


CFL @ 00:32

Ter, 29/01/08

O Segredo. Já há muito que o sabia. Vi muitas coisas acontecerem para saber como Deus (ou o que quer que seja que lhe chamemos) puxa as linhas do Destino ora para cá, ora para lá. Tudo o que fazemos volta para nós. E isso não é segredo nenhum. Chamem-lhe karma, chamem-lhe castigo, chamem-lhe aprendizagem, ou chamem-lhe mesmo uma teoria da retribuição que justifique o fim das penas.

Tudo o que fazemos volta para nós.

E é quando isso acontece aos outros, que crescemos.

O segredo é mesmo aprender a calar dentro de nós a vontade de rir. De dizer que avisei. De rir mais um pouco. Porque - amigos, vocês já o sabem - o Destino pode brincar mas somos nós quem ri no fim.

E conseguir calar dentro de nós a vontade de rir é estar um passo mais além.

Perdoar também.

Porque, sempre, sempre, tudo o que fazemos volta para nós.

É esse o segredo.

 




CFL @ 01:22

Ter, 22/01/08

Porque é que quando eu já vou no meu caminho, pronta para não olhar para trás e apenas com pena de não ter pena, tu me chamas e agarras outra vez?

 

E eu sei que não é suficiente.



Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


Portugueses aqui
online
Portugueses desde 28Set2008
free hit counter
hit counter
Arquivo de Ideias
Procurar ideias
 
Portugueses que me recomendam
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
blogs SAPO